5 de julho de 2020

Detox de Guarda-Roupa - Parte 2

Olá Meninas, como vocês estão?

Hora do Detox de Guarda-Roupa parte 2... Boraaaaa!!!



Sim, nossos queridinhos também entram no desapego.
Prove todos e faça algumas perguntas:
Esse sapato ainda faz parte da minha rotina? 
Por exemplo, agora você é mãe e o salto alto não entra mais na sua rotina, vale a pena ter muitos?
Ou você é mãe e seu trabalho exige salto alto vale a pena ter muitos tênis ou Sapatilhas?
Você mudou de trabalho, o salto alto ainda faz parte do novo trabalho? 


Você tem aquela sandália maravilhosa de uma marca x que você ama, pagou super caro, mas toda vez que usa ela detona seu pé... Vale a pena manter no armário? 

Sapatos similares, veja qual usa mais, ou qual já usou muito e tire da sapateira. 
Olhe e prove todos os pares com carinho e veja se realmente vale a pena manter no armário. 




Se você é como eu e guarda seus sapatos em local fechado, baú da cama, sapateira ou caixas, cuidado eles podem se desfazer.

Material do sapato precisa "respirar", e o ideal é que eles fiquem em prateleiras abertas
Como nem todas temos esse espaço guardamos em locais fechados. E o sapato muito tempo guardado vai se desfazendo literalmente.
Eu mesma já perdi sapatos novos por não usar tanto e ficar muito tempo guardado. Hoje eu guardo em sapateira, mas antes guardava no baú da minha cama
Então meninas se não vai usar, doe ou venda, não perca seus sapatos. 




Bolsas outra paixão da mulherada. Mas será que ter muitas faz sentido?

Eu já fui a louca da bolsa, já tive muitas, mas muitas mesmo, de todos os tamanhos, cores e material. Hoje eu tenho bem menos, e as que eu tenho uso.

A dica que quero deixar é. Você troca de bolsa a cada produção?
Adianta comprar aquela bolsa linda que é tendência e não cabe as coisas que leva no dia a dia? Ou comprar uma bolsa gigante sendo que mal leva a carteira e o celular.

Vale a pena?

Bolsa já um item mais caro, então escolha cores clássicas e atemporais.

Agora se você é da turma que ama bolsas coloridas,como eu, faça compras em comércio popular que você encontra lindas bolsas com preços acessíveis.


Depois que fez o Detox nas bolsas, chegou a hora de guarda-las de volta.
Eu sempre "sofria" pra guardar minhas bolsas. Como não tenho prateleiras só para elas, precisava arrumar um espaço dentro do guarda-roupa que não estragasse.


Separei algumas dicas para guarda-las e você vê o que melhor se encaixa na sua casa.

🔸Guardar em nichos, se seu armário tem nichos aproveita para as bolsas, separe por tamanho e por cores e coloque no mesmo nicho;
🔸 Penduradas atrás da porta, eu comprei um gancho grande para pendurar cintos, e super vale para bolsas. Se você não tem espaço no armário tenta atrás da porta do seu quarto;
🔸Guardar em caixas organizadoras;
🔸Pendurar em cabideiro;
🔸Guardar em organizador próprio para bolsas. Existem no mercado alguns bem bonitos e práticos.


Hoje meu armário tem maleiro, então guardo enfileiradas em duas partes.


Simmmm, nossas bijus também passam pelo detox.

Se você costuma ter poucas e boas bijus ou semi jóias fica mais fácil, talvez você nem tire nada. Mas dê uma olhadinha e veja se precisa de limpeza, principalmente produtos em prata.
Agora se você é do meu time que tem milhares de bijus, essa é a hora de colocar tudooo em cima da cama e fazer a limpa.

Aqui entra também óculos de sol, chapéu e lenços.
Use o mesmo critério das roupas, fazendo perguntas.
Ainda faz sentido esse tipo de acessório na sua vida? Na sua rotina?
Por exemplo, você tem zilhões de maxi brinco com brilho que você só usava na balada. Porém faz algum tempo que mal sai e nem pretende sair tão cedo. Vale a pena ficar com isso parado na sua caixa de bijus?




O que você ainda ama fica, o que você não usa faz tempo doa.
Veja os brincos que já estão sem par, as correntes e pulseiras que caíram pedras, mesmo que pequena, parece que nem da pra ver, mesmo assim tira pois pode ser um sabotador da sua produção. 

Peças envelhecidas... As de prata tira para limpeza, as douradas se não houver jeito na limpeza, descarta. 

Olhe peça por peça com carinho e doa ou vende o que não faz mais sentido pra você.



Agora volte organizando suas bijus, primeiro bom motivo é para ganhar tempo na produção. Tudo organizado você encontra fácil e da um up no look.

Utilize caixas organizadoras, forradas com tecido para brincos.
Use suporte redondo para pulseiras, mini garrafas é uma ótima opção.
Para os colares utilize algo que fique pendurado.
Hoje existe mini cabides próprio para colar, assim eles não embolam um no outro.


Uma dica extra, em suas próximas compras sempre pense nas mesmas perguntas que fez pra tirar as roupas no Detox.

Primeiro você amou a roupa?
Ficou boa a modelagem?
Tenta sempre provar as roupas, mesmo que compre pela internet, você tem o direito de troca. 
Faça compras conscientes.


Você de estar se perguntando de quanto em quanto tempo fazer o Detox no guarda-roupa?

Depende muito de como é sua rotina.
Faça uma vez por ano no mínimo, muita gente usa o período de férias para essa tarefa, eu mesma fazia isso e aproveitava pra pegar o armário do marido e do filho.

O ideal mesmo é fazer de 6 em 6 meses, após o verão e após o inverno. Mas se não for possível faça pelo menos 1 vez no ano.

O que pode acontecer também é você mudar de cidade, virar mãe, mudar de emprego etc... Aí vai precisar fazer mais de uma vez.

Não tem uma regra, faça quando precisar, 1,2,3 vezes no ano, faça de acordo com o seu tempo e sua rotina.


Essa etapa não é obrigatória no detox de Guarda-roupa mas eu sempre incluo quando faço com as minhas clientes.

Se você não usa todos os dias é muito fácil esquecer o que tem de maquiagem, ou mesmo que você use todos os dias, tem bastante coisa, elas sempre ficam jogadas na necessarie e eu sei que nunca temos tempo de rever e limpar os produtos.

Então aproveita que já está com a mão na massa e pegue todas as suas makes e reveja, limpe e tire o que já não faz mais sentido. 




O principal de rever as maquiagens é ver o que já está vencido.

Principalmente produtos cremosos de pele, base, blush, iluminador, contorno. E produtos de olhos, delineador, rímel, lápis.
Batom também é importante ver como está a textura.
Produtos vencidos podem causar irritação na pele até uma alergia grave. Então tome cuidado.

Uma outra dica é não compartilhar alguns itens de maquiagem com as amigas sem esterilizar com álcool. Não é só por conta da covid, isso deve ser sempre, pois se você ou sua amiga tem alguma alergia, mesmo sem estar visível, pode passar de uma para outra. 


Outra coisa, make vencida é lixo! Por mais que esteja cheia, não doe para ninguém, jogue no lixo. 




Aproveita que esta revendo suas maquiagens e j
á lava seus pincéis e suas esponjas. 
O ideal é que lave seus pincéis e esponjas com água e sabão a cada 15 dias. E dia sim, dia não higienize seus pincéis com produto específico. 
Você encontra super fácil em qualquer perfumaria esses produtos.

Pincel sujo contém bactérias nas cerdas e isso pode se misturar ao produto e pode causar alergia e irritação na pele. Esponja também acumula fungos, então também dê atenção à elas.


Essas são todas as etapas do Detox ou Revitalização de Guarda-Roupa, você pode fazer sozinha ou contratar uma profissional que vai mais a fundo. 
Pois a revitalização é feita após um estudo de identidade visual personalizado, e assim quando chegar no guarda-roupa ficará somente peças que te valorizam.


E para quem seria o serviço de revitalização? 
Para você que se sente insegura na hora de se vestir, que acha que não tem roupas para determinada ocasião e que usa sempre os mesmos looks. A Revitalização é um serviço perfeito pra você.

Em dois encontros, de 3h cada, olhamos juntas todas as suas roupas, acessórios e maquiagens e juntas decidimos o que fica e o que sai.

Esqueça a história de esquadrão da moda, não jogaremos nada fora e não vamos tirar o que não quer. Vamos juntas decidir e construir um armário funcional e que represente quem você realmente é!




GUARDA-ROUPA É CONSTRUÇÃO

Não existe guarda-roupa ideal. Ideal é aquele que nos representa, que tem nossa essência, que está de acordo com o nosso momento de vida.

A quantidade de peças não é uma regra, é você quem escolhe, muito ou pouco não importa. O que importa é que tudo que esteja dentro dele você use, se sinta bem e linda.
Guarda-roupa é uma construção que você vai fazendo ao longo da vida.
Não existe certo e errado, existe o que é bom pra você. 
Gostaram desse post falando de Detox?? 

Me conta...

Beijos

20 de maio de 2020

Detox Profissional de Guarda-Roupa

Olá Meninas,

Vamos fazer um Detox no seu Guarda-Roupa?



E a quarentena continua até o final do mês. Então vamos aproveitar para fazer uma limpa no seu guarda-roupa e quem sabe faturar um dinheiro com o que está parado?

Nesse post vou dar dicas práticas de como fazer um Detox Profissional no seu armário com roupas, sapatos, bolsas, acessórios e maquiagens. 



Porque e Quando fazer??
🔸 Quando abrir o armário e não souber o que fazer. 

🔸 Quando abre e vê a bagunça que você nem sabe mais o que tem.
🔸 Quando acha que não tem nada pra vestir, e o armário está abarrotado. 

🔸 Quando seu armário está com excesso, e você não consegue nem mover os cabides.
🔸 É ótimo para reaver as peças que tem, e se tem peças com etiquetas.
🔸Você sabendo o que tem no seu armário, evita compras desnecessária.
🔸Descobre peças que não te servem mais e pode vende-las e fazer dinheiro.


Roupa parada no armário, energia parada. Vamos aproveitar esse tempo que estamos tendo e vamos fazer a energia girar.Quando deixamos o velho ir embora, abrimos espaço para o novo entrar.

Nessa quarentena não, mas nas próximas vezes chame uma amiga, ou sua irmã, ou sua mãe... Quem você se sentir confortável, alguém em quem você confia que é sincera e não te crítica.

Fazendo com as amigas, temos mais vontade e levamos mais a sério, além de ficar mais divertido... Prepare-se para as risadas.



Fazer uma limpa no armário parece fácil, mas na verdade tirando tudo você se vê diante da sua história de vida. Cada peça tem suas memórias e conta uma história do dia em que usou aquela roupa, portanto pode se difícil de se desfazer de algumas coisas.

Comece colocando tudo em cima da cama ou no chão forrado se preferir. Não precisa ser o guarda-roupa inteiro, isso pode causar um certo desânimo, vai fazendo aos poucos.

Em um dia pega partes de baixo, calça, saia, shorts. No outro as partes de cima, camisas, camisetas, casacos e blazer. E no outro dia pegue vestidos, macacões e roupas de academia. No outro sapatos e bolsas e no outro bijus e maquiagens.

Assim não fica cansativo, não consome muito seu tempo com as rotinas de casa e você não desanima. 



A segunda etapa é categorizar as peças por partes de baixo e partes de cima.
Se você fez da forma que falei por etapas, separe shorts com shorts, calças com calças e por aí vai...
Assim fica mais fácil de ver o que você tem de modelagem similar, com cores iguais e até peças repetidas. 




Depois que separou as peças comece a provar.
Vá para a frente do espelho com a peça e se faça algumas perguntas.
🔸Ainda gosta dessa peça?
🔸 Você compraria novamente essa peça hoje?
🔸A modelagem fica perfeita no seu corpo? Não pode ficar apertada demais e nem folgada demais.
🔸Ainda tem haver com seu estilo?
🔸Qual mensagem eu quero passar? Essa peça está de acordo? 🔸Ela contém manchas? Furos? Está desbotada? 

🔸E o mais importante, você se sente feliz com essa peça?

Não diga: "Paguei muito caro nessa peça, então eu gosto" ou "É de marca boa, então vou ficar com ela"
Esses não são bons motivos para usar algo se não ficar bem em você, ok?

Essa é a hora da sua amiga usar a sinceridade dela.


Depois que provou as peças, separe por cores e veja a similaridade entre elas. 
Por exemplo, calça jeans colorida, vestido xadrez, blazer preto e por aí vai... A ideia é diminuir a quantidade de peças parecidas.

Eu tinha 7 calças pretas, com modelagens diferentes, porém pretas. Por mais que elas tenham modelagens diferentes elas causam o mesmo efeito no look.
Ex. Se você usar uma por dia, durante uma semana, ninguém vai reparar que você usou calças diferentes, e sim que estava com uma calça preta. 
Provou todas, fez as perguntas acima, escolhe pelo menos 3 pra sair do armário.



Ao longo desse processo você vai encontrar peças ainda com etiquetas, pode ser de uma compra recente, mas também pode ser de compra antiga em que a peça estava esquecida no fundo do seu armário.
Confesso que já aconteceu isso comigo kkkk

Se a peça que encontrou for a segunda opção, prove e faça as mesmas perguntas acima. Se não fizer mais sentido , descarte, por mais que nunca tenha usado. Se você esqueceu da peça é bem provável que tenha comprado por impulso.

Se provou e ficou perfeita, ótimo, assim já tem uma roupa nova para novos looks, sem precisar gastar.



Agora chegou a hora de fazer as pilhas de roupas.
Faça...
Uma pilha das roupas que vão voltar para o armário (será a maior pilha)
Uma pilha das roupas que precisam de algum ajuste (barra, botão, apertar, alargar, etc) mas tire do armário, porque se não tirar não vai lembrar de arrumar, e aí toda vez que for usar vai lembrar do ajuste e vai guardar de novo, ou seja nunca vai usar a peça, então tira do armário e já faz uma sacola.
Mais uma dica, veja se vale a pena ajustar, as vezes o valor cobrado não vale o que pagou na peça e talvez você nem goste da peça ajustada. Reavalie, talvez seja melhor doar ou vender.
Uma pilha das roupas para lavar com carinho (peças que estão com alguma mancha e você consegue tirar em casa)
Uma pilha das roupas para doar. Doar nos faz sentir bem. Mas não guarde para doar na hora certa, ou elas vão ficar jogada em algum canto do quarto por muito tempo. Doe para uma casa de caridade, para sua funcionária, para algum desconhecido que esteja precisando, você escolhe, mas se desfaça logo delas. Ou então até corre o risco de resgatar de novo para seu armário. Sim isso acontece.
Uma pilha das roupas para vender. Sim, venda as peças que usou pouco, que estão em perfeito estado. Brechó, amigas, redes sociais. 
Uma pilha das roupas que queira customizar. Se tiver habilidade, aproveita e mude a cara de uma peça que gosta muito. Isso faz você sentir que tem roupa nova no armário além de ser uma terapia.
Uma pilha das roupas para reciclar. Sim existem peças que não dá nem pra doar. Faça sacola, saquinhos para guardar sapato, almofadas... Na internet tem uma série de vídeos ensinando reciclar roupas. Vale a pena ver. 



Sabe aquela peça que você já usou tanto, mas tanto que ela parece até cansada, até seu cérebro cansou de ver a peça. Aquelas peças que nossa avó fala, anda sozinha até o escritório, ou até a casa da sogra.
Então, essas peças que já se pagaram três vezes que você deve tirar do armário.
Não, não é pra jogar fora, deixa em alguma pilha até ver o que fazer com ela.


Sabe aquelas peças que caiu o botão, que precisa fazer barra, precisam ajustar a cintura... Etc

Tire do armário e deixa em uma sacola até podermos levar a costureira, ou até que você mesma consiga fazer.
Não deixa no guarda-roupa porque você esquece. E só vai lembrar de ajustar quando for usar, então já tira.

Se for reformar a peça, pensa se o custo vai valer a pena. As vezes fica mais caro do que a peça original, e você talvez nem goste dela reformada.
Pensa bem se não vale a pena vender. E quando encontrar uma parecida você compra. 
Aproveita e ajude uma costureira do seu bairro, ou até só seu prédio. #apoiepequenosempreendedores


Tire do seu armário peças que precisa lavar com carinho. Aquela peça que está com alguma manchinha, de maquiagem, de gordura, de algo que derramou etc

Se conseguir lavar em casa ótimo, senão considere a ideia de levar em uma lavanderia. Mas pense no custo, se vale a pena.



Eu sei que as vezes compramos tricô de cor escura e logo nas primeiras lavagens enche de bolinha. Isso já aconteceu comigo 😥
Infelizmente é o material que não é tão bom. 
Usar peças com bolinhas passa a imagem de desleixo, de roupa velha. Evite usar. Existem métodos pra retirar essas bolinhas, mas em alguns casos pode estragar a roupa, então vai com cuidado, e se não sair, considera a hipótese de tirar do guarda-roupa.

Peças com furinhos, eles parecem inofensivos, mas pode ser um sabotador da sua produção. Se você está vendo o furinho, pode ter certeza que outras pessoas também vão ver.
Se a peça ainda estiver em boas condições, avalie usar em casa, mas só em casa ok? Kkkk
Se já não está em bom estado, já doa, assim não fica acumulando peças no armário.



Sim, você já escutou isso milhões de vezes na internet, "se tem uma peça que você não usou durante um ano, venda ou doe a peça, mas tire do seu armário". E você ainda continua guardando.

Roupa sem uso também estraga, e nada vai adiantar ficar guardando se não vai usar, aí vai estragar e ninguém vai usar mesmo.
Vamos cantar parabéns pra ela e desapegar combinado??


Calma, eu não quero que tenha tão pouca roupa que precisa caber em uma mala, não é isso.
A ideia é, sabe aquelas roupas que falamos "vou deixar essa porque vou emagrecer e vou usar", ou "vou engordar um pouco e vai ficar boa", ou tem um apelo emocional e você não quer se desfazer, e mais uma série de desculpa que falamos pra nós mesmas pra manter a peça no guarda-roupa. 
Pegue todas essas peças e guarda em uma mala de viagem, ou alguma caixa no maleiro, ou em algum outro lugar que tenha livre, mas tire do armário.

Porquê? Dois pontos, um é que se for para emagrecer, toda vez que ver a peça vai se sentir mal por conta do peso, e não merecemos isso ok?
Segundo ponto você não deixa seu armário cheio que coisas que não vai usar e só te atrapalha na hora de montar suas produções.

Tenho certeza que você guarda peça pra usar no futuro kkkk tô errada?
Eu mesma já fiz isso.
Esse é o Detox que vocês vão tirar essas peças.


Uma opção bem bacana e criativa é customizar algumas peças de roupa ou acessórios.
Sabe aquela peça com furinho que falei acima? Veja a possibilidade de customizar, fazer um bordado, colar aplicações, pintar, o que a sua imaginação quiser.

Mesmo que a peça esteja em bom estado , e você gostar, faça algo diferente e autêntico.



Faça dinheiro com as roupas que você tirou do seu armário e que está em bom estado.

Tem o site mais famoso que é o Enjoei, porém é você quem faz todo o trabalho de fotografar, divulgar e enviar.
Tem o site Repassa, que o legal é que o trabalho fica todos com eles. Eles buscam a peça na sua casa e faz o trabalho de fotografar, divulgar e enviar e deposita o valor na sua conta.
E tem também a opção de deixar em brechós.
Eu conheço o @dondocavendetudo que fica em Santo André. Você envia as peças e as meninas fazem toda a parte de curadoria, fotografia, divulgação e envia para o cliente. E depois deposita o dinheiro pra você.
E tem a opção de você vender por conta também.

Claro que todos os sites tem suas regras, pesquisa e veja o que prefere. Mas venda ou doa, só não deixa parada no seu armário, ok?



Sabe aquelas peças que não conseguimos vender, nem doar, nem arrumar? Recicle!

Faça sacolas pra usar no mercado, faça porta treco, use como pano de limpeza e por aí vai...
Na internet tem bastante vídeo de ideias para reciclar roupas.

Não jogue roupas no lixo. Se não quer reciclar, procure algum asilo ou orfanato e veja se eles querem, roupas, lençóis e fronhas rasgadas (que não dá pra doar para ninguém), normalmente esses lugares usam como fralda.
Antes de jogar fora, veja se alguma instituição esta precisando.


A última pilha das 7 que falei acima, é a pilha de doação.

Doe peças que estejam em bom estado, estado em que uma pessoa consiga usar pra sair na rua, usar de verdade.
Peças rasgadas, manchadas, sujas não são para doação.
Doe peças e acessórios pensando na outra pessoa, não é porque é doação que a pessoa tem que aceitar qualquer coisa.

Se uma peça não serve nem pra doação, recicle e use como pano de limpeza. 
Essa semana já fiz a minha pilha de doação e já enviei pra uma instituição.
Se você não conhece nenhuma, veja alguma família ou pesquisa na internet, existem muitas precisando, ainda mais nesse momento.


Se você acompanhou as dicas e quer ter um guarda-roupa inteligente com peças que você realmente usa, peças que coordenam com as outras, peças que são fiéis ao seu estilo e que ficam impecáveis no seu corpo.

Pense na possibilidade de contratar uma Consultora de Estilo (puxando sardinha pra mim já 😍)
Eu serei sua amiga, de verdade, sem críticas, sem tirar nada do seu armário que você não queira, sem esquadrão da moda.
Uma consultora caminha em parceria com a cliente que sempre acaba virando amiga, porque entro intimamente no seu guarda-roupa e entro com o maior carinho do mundo, pode ter certeza.

Esse serviço também é oferecido online e você não precisa contratar na consultoria completa, pode ser só o pacote de Revitalização de Guarda-roupa e se quiser pode incluir a montagem de looks, já que seu armário estará todo arrumadinho.


Depois que tirou tudo, fez todo o processo de Detox, chegou a hora de voltar as peças para o guarda-roupa.

O ideal para arrumar o guarda-roupa é guardar por tipo de roupa, saia com saia, calça com calça e por aí vai.
E também por cor, fazendo uma escala de cores do mais escuro para o mais claro. Se for dobrado, tenta fazer pilhas por cor.
Isso vai facilitar na hora de você montar suas produções, pois consegue ver tudo o que tem e em qual cor precisa.


Muito importante pensar na hora de voltar as peças para o seu guarda-roupa é a sua rotina de vida. 
Por exemplo, se o primeiro compromisso do dia é ir à academia, deixa a roupa da academia mais acessível na hora de pegar.
Se vai direto para o trabalho, deixa as peças próximas. Ex. Saias próxima das camisas e dos blazers.
Casacos muito pesado, você não usa sempre então não tem necessidade de ficar a mão. 
Outra dica é usar cabides iguais, parece besteira, mas nosso olhar vê tudo na mesma linha e não fica poluído visualmente o armário.


Depois que tirou tudo o que tinha no seu guarda-roupa, fez as pilhas de descarte e voltou todas as peças que fazem sentido na sua rotina, faça uma lista de peças-chave que você acha que precisa comprar.
Mas faça com sinceridade, não o que você gostaria de ter.

Claro que vamos continuar comprando uma peça que queremos porque achamos linda, porém em menor quantidade, a partir de agora vamos fazer compras mais conscientes e assertivas. 
Essa lista é para completar ou repor uma peça que você usa muito e montará muitas produções.


Um método que eu sempre fiz no meu guarda-roupa, mesmo antes de ser consultora de estilo é, comprei uma roupa nova, tiro uma roupa antiga.

Se você nunca fez, testa fazer vale muito a pena, até pra fazer o Detox fica mais fácil.
Não precisa ser peça similar, por exemplo comprou uma saia tem que tirar uma saia, não. Pode tirar qualquer peça de roupa, mas tire uma.

No próximo post vou falar sobre detox dos acessórios. Acompanhe!!!

Quero você junto comigo, mão na massa, quando você ler esse post e fizer o detox no seu guarda-roupa, me marca no seu storie do instagram que vou te dar um presente... Uma hora de Consultoria online comigo para falar sobre o seu guarda-roupa. Combinado? 

Não perde essa chance de ter uma consultora só para você...

Um Beijo
Ah e me acompanha pelo insta @andreacassanhaconsultoria
E depois desse detox no meu armário eu criei uma lojinha no instagram dos meus desapegos, vale a pena conferir. @loja_jeitodevestir.