25 de outubro de 2018

Especial SPFWn46: Desfile TOP 5

Oláaaa meninas,

Estão curtindo a semana de moda especial?
O projeto Top Five já se apresentou nas últimas edições do SPFW e com todo sucesso feito, volta nessa temporada muito mais elaborado e sofisticado.

Borana, Studio Kalline, Karine Fouvry, Led e Vankoke foram o ponto alto do segundo dia de desfiles do SPFWN46.

Marcas do Projeto Top Five, apresentaram suas coleções em um desfile super disputado na tarde de terça-feira no Espaço Arca.

As grifes, que desfilaram pela terceira vez na semana de moda paulista, apresentaram as coleções com um casting super variado, em um dos desfiles mais disputados até o momento.3

Nesta edição, a Vankoke trouxe peças em paetês, além de blazers e muita alfaiataria; na capixaba Borana, mistura de texturas e diferentes recortes na moda praia de Borana; Karine Fouvry, sempre impecável com criações em linho e seda, mostrou uma ousadia chic; Studio Kalline, de Eduardo Rizzotto, estreou um novo momento da marca com peças em tons terrosos e sobreposições, já a jovem e ousada LED, mais uma vez apostou em um desfile protesto, trazendo o Nordeste como pano de fundo.

O Projeto Top 5 faz parte do programa Contextualizar na Moda e tem como objetivo a aceleração do negócio de microempresários, trazendo a oportunidade de lançarem suas coleções na passarela do SPFW. As grifes, de diferentes estados do país, foram selecionadas dentro do programa que dá nome ao desfile e - a partir daí - receberam consultoria e acompanhamento de equipes do Sebrae e In-Mod - Instituto Nacional de Moda e Design -, desde a criação até o desenvolvimento de todas as peças que serão apresentadas aos convidados. O desfile teve direção artística de Paulo Borges, Beleza de Amanda Schon, além de Styling e Casting de Daniel Ueda. Max Blum, o DJ, captou a essência de cada uma das marcas com diferentes trilhas que expressavam exatamente a essência de cada coleção.

Confira agora os desfiles...




KARINE FOUVRY RESORT DESFILA NA 46° SPFW 

Marca carioca se apresenta pela terceira vez no maior evento de moda da América Latina e leva peças à venda na Choix.

Um retrato da natureza na passarela de moda. Esta é a inspiração da designer Karine Fouvry para sua apresentação na 46ª edição do SPFW - São Paulo Fashion Week. As criações da estilista focam em algo mais puro e orgânico, que representa bem a feminilidade por meio de uma viagem espiritual. 

Os looks retratam uma mulher real e simples que volta às suas origens mediante uma osmose com a natureza e a terra em uma parada no tempo. Com peças todas em branco ou off White, Karine traz macacões, calças e vestidos sempre com muito volume e sensualidade muito balanço, com detalhes nas mangas e nos ombros. O tomara que caia se faz presente em croppeds e vestidos, sempre com detalhes bem artesanais, característicos da marca. O uso de fibras naturais como o linho, algodão e seda reafirmam a ligação com elementos orgânicos, mostrando a verdadeira conexão com a natureza. 

A transparência e volumes arquitetônicos de algumas peças em contraste com a fluidez de outras, retratam a complexidade do feminino, da mulher forte e guerreira, da água e do fogo.A designer trabalhou junto a artesãos de Manaus para desenvolver Macramês sofisticados, bolsas fluídas e rasteiras que deixam as mulheres em contato direto com a terra. Acessórios feitos em madeira cheios de detalhes completam o estilo artesanal das peças e expressam toda a personalidade desta coleção. 

As peças estarão disponíveis com exclusividade em várias lojas do Brasil e, pela primeira vez, na badalada paulistana Choix



Ficha Técnica
Estilo: Karine Fouvry / Direção: Paulo Borges / Styling e Casting: Daniel Ueda / Beleza: Amanda Schon / Trilha Sonora: Max Blum / Parcerias Acessórios: Adrianna Valente / Apoio: Sebrae Manaus 







VANKOKE SE APRESENTA NO PROJETO TOP 5 SPFW
Marca leva à passarela nova coleção com mix de texturas e muita sensualidade.

A Vankoke, marca potiguar da empresária e estilista Adriana Patrícia, faz sua terceira participação na São Paulo Fashion Week. Nesta 46ª edição, Vankoke apresenta uma coleção de peças clássicas com toques de sensualidade. 

Ombros estruturados, mangas volumosas, cintura marcada e decote em V aparecem em blazers, blusas, vestidos e macacões. Calças carrots com bastante volume nos quadris contrastam com opções de vestidos mais ajustados que são complementados com transparência e muita pedraria. Além disso, detalhes em paetê na mesma cartela de cores das peças de alfaiataria trazem sofisticação e modernidade à coleção. 

A marca apresenta 10 looks que transitam entre o clássico e o sensual e aposta também em acessórios mais pesados, como brincos longos e pulseiras sobre as mangas, make e cabelo despojados e sandálias com saltos quadrados dando um ar de jovialidade até aos looks mais clássicos. 



Ficha Técnica 
Estilo: Adriana Patrícia / Direção: Paulo Borges / Styling e Casting: Daniel Ueda / Beleza: Amanda Schon / Trilha Sonora: Max Blum / Acessórios: SDesign 



A QUEBRA DO PADRÃO DE MASCULINIDADE DA LED NA PASSARELA DO SPFWN46 
Em seu terceiro desfile no TOP 5, a marca mineira aposta novamente em uma coleção-protesto, dessa vez inspirada no Cabra Macho nordestino. 

Em terras de Lampião, o conservadorismo e a resistência às diferenças fazem vítimas diariamente. A intolerância impera, provoca transtornos e leva à morte, e as tentativas de encarar a homossexualidade esbarram em uma muralha de ignorância que parece ser intransponível. E é inspirada nesse contexto do cabra macho nordestino, que a LED apresentou seu desfile dia 23 de outubro, no São Paulo Fashion Week. 

"Arretada" foi o nome dado pelo estilista e designer Célio Dias para o novo trabalho, que tece uma crítica ao modelo hegemônico da masculinidade, que carrega em seu estereótipo traços de força e virilidade mas também de violência e intolerância. "A matriz que estrutura a homofobia é a mesma que define socialmente masculinidades aceitáveis. É também a mesma que coloca mulheres em condições de vulnerabilidade, e que busca anular o diferente: por meio de chacotas, piadas e desqualificação" afirma Célio Dias, criador e estilista da LED. "Trazemos uma coleção ainda mais madura que a última, buscando expandir a discussão do gênero, colocando em xeque e avaliação, dessa vez, o padrão de masculinidade socialmente aceitável e o que ela carrega consigo muitas vezes, como o reforço à violência."

Dentro desse conceito, a LED aposta pela primeira vez em ilustrações e traz a força e graciosidade dos veados em algumas de suas peças, hora em ilustrações e horas em bordados, ambas sendo trabalhos manuais já tão marcantes nas coleções da marca. A escolha dos materiais, cores e acessórios se descola da variação climática para se basear em narrativas. Os moldes sempre muito amplos e carregados em volume procuram não demarcar os limites do corpo, e trazem uma mistura da sofisticação do linho com o shape confortável das ruas. 

A cartela de cores é inspirada no trabalho do artista Arthur Bispo do Rosário, com cores que variam dos terrosos e pastéis até o verde lima e azul piscina, mas traz também uma pitada de vermelho para demarcar a vibração e força do nordeste. Nesse contexto, os crochês ganham ainda mais destaque dentro da nova coleção. As collabs, que permeiam a trajetória da LED, seguem como um dos pontos-chave para o desenho da figura proposta por "Arretada".

Os acessórios, calçados e bolsas usados no desfile e na campanha foram desenvolvidos exclusivamente em parceria com outras promissoras marcas mineiras, como a Box 19, Diwo, Nuu Shoes e Moon. O destaque das parcerias de Arretada fica por conta da cápsula desenvolvida com a Patogê, trazendo o jeans para evidência na coleção. 



Ficha Técnica
Estilo: Célio Dias / Collabs - Bolsas: DIWO, Sapatos: Nuu Shoes, Acessórios: BOX19, Óculos: MOON, Jeans: PTGE + LED / Apoio: Vicunha



STUDIO KALLINE POR EDUARDO PIZZOTTO SE APRESENTA NA 46° SPFW
Marca tradicional de couro traz coleção inspirada nas belezas e mistérios do Canyon Antelope

Localizado na América do Norte, o Canyon Antelope surpreende por suas formas irregulares e grandes vazados de luz que criam espectros sempre mutáveis de acordo com o movimento do sol. Foi a beleza deste lugar que inspirou o estilista Eduardo Pizzotto, que pela terceira vez desfila suas criações nas passarelas da SPFW

A marca, com tradição no mercado de couro há 28 anos, vive um novo momento criativo com o estilista Eduardo Pizzotto, que a partir desta edição da semana de moda começa a produzir moda exclusivamente feminina com estilo clássico e cheio de personalidade. No desfile do dia 23, o Studio Kalline apresentou 10 looks que trouxeram diferentes composições e misturas de cores, além de sobreposições. Saias com bicos, mangas bufantes, comprimentos alongados e acabamentos irregulares deram o ar moderno para as peças todas produzidas em couro com matéria-prima nobre e de produção artesanal. 

Bolsas em formatos diferenciados também são destaques na coleção e a paleta de cores em azul, verde e tons de amarelo reforçam a conexão do estilista com os movimentos e formas visíveis da natureza árida e opaca do Canyon Antelope. Nascida em junho de 1990, a Kalline, originalmente intitulada Kalline Couros, foi fundada no sul de Santa Catarina, onde sua matriz está localizada até hoje. No início, produzia apenas jaquetas de couro e, anos depois, passou a produzir bolsas e acessórios no seu mix de produtos. Ao completar 25 anos, a marca buscou reposicionar-se no mercado investindo em branding e evoluindo o design de seus produtos. Em maio de 2017, a Kalline deu início ao e-commerce,atendendo todo o Brasil.

Com mão de obra 100% local, a empresa dá preferência para a produção manual e ao design diferenciado. Sua primeira loja de varejo foi em Arroio do Silva-SC. Aos poucos, a marca foi ganhando popularidade na região com lojas nas cidades de Araranguá, Sombrio, Tubarão, Brusque, Criciúma, Balneário Camboriú, Gravatal, Florianópolis, Blumenau e Joinville. Não demorou muito para a grife crescer e expandir seus negócios para fora do Estado, abrangendo os Estados de São Paulo e Minas Gerais. Atualmente, a empresa possui representação também no Espírito Santo, Bahia e Pernambuco. Os processos de criação, corte, acabamento e expedição das bolsas e roupas são feitos na matriz. Parte da matéria-prima vem do Rio Grande do Sul, onde a marca possui uma unidade de produção e desenvolvimento.



Ficha Técnica
Estilo: Eduardo Rizzotto / Direção: Paulo Borges / Styling e Casting: Daniel Ueda / Beleza: Amanda Schon / Trilha Sonora: Max Blum


O que acharam dessa coleções?
A da Studio Kalline é a minha preferida...

Veja a coleção passada dessas marcas...
SPFWN45: TOP 5

Beijos

Fonte: Fotos Site FFW e Texto Divulgação
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...